Micro-oxigenação: Princípio e fatores limitantes

Em um post anterior constatamos os benefícios da técnica da micro-oxigenação. Em este post apresentaremos os princípios fundamentais e seus fatores limitantes.

A adição do oxigénio pode-se realizar em diferentes etapas de elaboração dos vinhos, tendo em conta os objetivos e o modo de utilização será diferente em cada ocasião:

  • Durante a fermentação alcoólica (fase 1)
  • Entre a fermentação alcoólica e a fermentação maloláctica (fase 2)
  • Depois da fermentação maloláctica ou estágio (fase 3)
  • Antes del embotellado (fase 4) Ler mais

Efeitos da madeira no vinho

O vinho e a madeira possuem uma antiga e estreita relação onde um se complementa com o outro.

Ambos são produtos naturais, e as qualidades dependem das circunstâncias da colheita. Cada um terá a sua composição e características e assim há que tratar de buscar a complementaridade entre eles. Ler mais

As reduções durante a fermentação alcoólica

Quem não tem ou já teve reduções durante a fermentação alcoólica com a conseguinte perda de qualidade aromática e por tanto, perdas económicas?

O metabolismo da levedura corresponde a umas quantidades grandes de reações bioquímicas, as quais podem alterar a secreção do produto final, em quantidades muito diferentes, alterando o perfil sensorial do vinho. Ler mais

Controlos de maturação – Onde está a fruta?

O Consumidor de vinho tem cada vez mais conhecimento e é mais exigente; procura vinhos frutados. Isto exige aos enólogos controlar melhor a matéria-prima com que trabalham.

Em qualquer processo produtivo uma das premissas básicas é a idoneidade da matéria prime para a obtenção do perfil de produto desejado. O mundo vitivinícola não é uma exceção, e a rentabilidade da produção passa por ter a uva adequada, com características bem definidas e aptas para a elaboração de um perfil de vinho definido.

Ler mais

Oxigenação dos mostos e a valorização dos vinhos brancos

Com o aumento de fenómenos de oxidação prematura dos vinhos brancos, e as limitações do tratamento das duas vias clássicas de tratamento do mosto (hiper-oxigenação e hiper-protecção), Vivelys desenvolveu uma solução alternativa que consiste em fornecer a um mosto quantidade de oxigênio que se adapte às suas necessidades.

Esta via alternativa, com o nome “Oxigenação Controlada de Mostos” (O2CM), pode reduzir o risco de oxidação prematura e assegurar uma maior revalorização do vinho.

Ler mais

Tióis e a Barrica

Os tióis são compostos orgânicos que apresentam um grupo -SH. São geralmente compostos muito aromáticos, por vezes estes podem ser indesejáveis e outros apreciados como favoráveis.

Ler mais